Flash de Notícias

Casino do Luso em Obras.

Recuperação em curso da dignidade perdida.

 

Subscrever Newsletter

Newsletter ADELB:







powered_by.png, 1 kB
Início arrow A Associação
Quem é a ADELB

 

Após cerca de dois anos de reflexão, um grupo de lusenses, face às necessidades e preocupações sentidas pela população em geral da freguesia de Luso, muito em particular, com o que se tem verificado na freguesia em si, nas Termas do Luso, na Sociedade da Água de Luso, na Serra do Buçaco em geral e na Mata do Buçaco em especial, decidiu criar, em 2002, a ADELB - Associação de Amigos para a Defesa do Luso e Buçaco, cuja área de actuação, apesar de se dirigir prioritáriamente à freguesia de Luso, também pode ser realizada noutras freguesias do concelho da Mealhada como aliás já vem sucedendo.

A ADELB – Associação de Amigos para a Defesa do Luso e Buçaco, concretamente, foi fundada na Vila de Luso e constituída por escritura pública lavrada no Cartório Notarial de Viseu em treze de Dezembro de dois mil e dois, tendo iniciado legalmente a respectiva actividade em vinte e sete de Janeiro de dois mil e três.

 A ADELB tem por objectivo principal, a defesa e promoção do Luso e Buçaco.

Rege-se pelos respectivos estatutos e complementarmente pelo regulamento geral interno cuja aprovação e alteração são da competência da Assembleia-Geral bem como, subsidiáriamente, pelo direito civil aplicável.

Através dos ofícios n.ºs 1, 2, 3 e 4, de 18 de Janeiro de 2003, a ADELB deu-se a conhecer à Câmara e à Assembleia Municipal, à Junta e à Assembleia de Freguesia de Luso. Logo de seguida, vários representantes da ADELB fizeram a apresentação pessoal às referidas entidades públicas.

Pelo oficio n.º 5, de 20 de Janeiro de 2003, remetido via fax nesse mesmo dia, a ADELB solicitou ao Governo Civil de Aveiro o agendamento de uma reunião de apresentação, a qual veio a realizar-se em 5 de Fevereiro seguinte com a presença do Sr. Governador, Exmo. Sr. José Manuel Milheiro de Pinho Leão, e do seu adjunto, Sr. João Lousado.

Com os ofícios n.ºs 6, 7, 8, 10, 11, 12, 13, 14 e 16, de 28 de Janeiro de 2003, a ADELB apresentou-se aos representantes do Partido Socialista, do Partido Social Democrata, da CDU e do Movimento Odete Isabel junto da Assembleia Municipal e ás respectivas Comissões Politicas concelhias.

Em 8 de Março de 2003, no Salão do Centro Paroquial do Luso, gentilmente cedido pela respectiva Comissão de Gestão, foi feita a apresentação pública ao povo do Luso, que acorreu em número muito considerável e decorreu com animação, sinal de esperança depositada na ADELB, e com a presença de vários órgãos da comunicação escrita que deram fiel relato do acontecimento.No mesmo local, em 15 de Março, a ADELB promoveu uma reunião com os agentes da indústria hoteleira e similares, onde se discutiram algumas das dificuldades comuns e estratégias para o desenvolvimento do Luso.

Em 29 de Março de 2003, seguiu-se uma reunião de agentes do comércio e indústria não hoteleira, acontecimento também noticiado pormenorizadamente pelos jornais do nosso concelho.

De maneira menos formal a ADELB teve oportunidade de se apresentar a outras entidades das quais recebeu, em geral, excelente reconhecimento. Algumas dessas entidades tornaram-se mesmo associadas da ADELB e outras têm mantido relações de colaboração muito frutuosa. 

Durante este período de apresentação pública, a ADELB levou a cabo várias iniciativas e promoveu o contacto com diversas entidades com vista à resolução de problemas concretos que afectavam o interesse dos lusenses bem como, não descurou as declarações, inscrições e registos necessários para os efeitos e termos legais a cumprir.

 
(C) 2017 ADELB